Depressão

Sempre que você estiver deprimido, espere pelo momento em que a depressão for embora. Nada dura para sempre: a depressão irá embora. E quando ela o deixar, espere. Fique alerta e perceptivo, porque depois da depressão, depois da noite, virá a madrugada e o sol irá brilhar.

Se você puder estar alerta nesse momento, ficará feliz por ter estado deprimido. Ficará grato por estar deprimido porque foi apenas devido à sua depressão que esse tesouro de felicidade se tornou possível.

Em vez disso, o que fazemos em geral? Nos movemos em um ciclo de regressão infinita. Primeiro, ficamos deprimidos. Depois, ficamos deprimidos por causa da depressão, e surge uma segunda depressão.

Se você estiver deprimido, não há problemas! Não há nada de errado nisso. É belo porque, através disso, você irá aprender e amadurecer. Mas se você começar a se sentir mal e pensar: "Por que estou deprimido? Não deveria estar deprimido", nesse caso, você irá começar a brigar com a depressão.

A primeira depressão é boa, mas a segunda depressão é irreal. E essa depressão irreal irá turvar sua mente. Você deixará escapar o momento que teria se seguido à primeira depressão.

Quando ficar deprimido, simplesmente fique deprimido. Não fique deprimido por causa de sua depressão. Não lute contra ela, não crie uma saída de emergência, não force a sua depressão a partir.

Apenas deixe que ela aconteça, pois partirá por conta própria. A vida é um fluxo: nada permanece o mesmo. Você não é necessário, o rio se move por conta própria, não é preciso empurrá-lo.

Se você está tentando empurrar o rio, você é um tolo. O rio flui por si mesmo. Deixe-o fluir.

Osho, em "Osho de A a Z: Um Dicionário Espiritual do Aqui e Agora"
Imagem por Dr. Feel Good

5 comentários

  1. Ler este texto foi como entrar dentro do dentro de mim para deixar fluir. Muito bom, é sempre um prazer mler osho,bom ter uma orientação positiva nestas horas.

    ResponderExcluir
  2. Nossa esse texto era tudo que eu precisava ler.
    Por muito tempo eu me sentia mal, mas o problema não era isso, o pior era que eu não me deixava sentir mal, eu pensava que milhoes de pessoas estavam pior que eu e não se sentiam mal... Então quando eu sentia vontade de chorar, eu não chorava. Quando tinha vontade de gritar, eu ficava em silencio, cada vez que queria ficar sozinha, eu procurava outras pessoas que estavam piores que eu, me ocupava com o problema dos outros porque eu pensava que eu não podia me sentir daquele jeito... Foi assim que eu comecei a cometer automutilações... por não permitir me sentir mal. Claro que depois que eu já estava com machucados fortes eu me preocupei e procurei ajuda dos meus amigos e outras pessoas que me diziam exatamente isso que diz esse texto, mas de outras formas.
    Realmente foi muito bem ter lido isso, parece que veio direto pra mim. Obrigada

    ResponderExcluir
  3. Ola alguem sabe porque qnd meditamos no caso eu ^^ depois qnd estou indo tao bem começo a sentir uma agunia por todo meu corpo fika aquilo em mim :/ demora as vezes passar. as vezes perco ate o sono a noite. O que sera isso alguem sabe ? Grato

    ResponderExcluir
  4. ADOREI!!! Precisava ler isto neste exato momento e o universo conspirando a meu favor.
    Saúde e paz.

    ResponderExcluir
  5. Bom lembrar disso...

    Tenho andado confusa, e pensando bem estou brigando com esta sensação. Ego interferindo atrapalha mais do que ajuda.

    Aprender a apreciar, no sentido de contemplar, as emoções desconfortáveis é, além de ser uma contramão de tudo que aprendemos, difícil.

    Thanks Beloved Osho! Yahooooo

    ResponderExcluir