O amor de verdade

Eu sou contra flores de plástico. As flores de verdade são muito diferentes.

As flores de plástico são permanentes — o amor de plástico será permanente. A flor de verdade não é permanente: ela muda a todo o momento.

Hoje ela está lá dançando ao vento, sob o sol e a chuva. Amanhã você já não será capaz de encontrá-la — ela desapareceu tão misteriosamente quanto apareceu.

O amor de verdade é como uma flor de verdade.

Osho, em "Faça o Seu Coração Vibrar"
Imagem por netlancer2006

8 comentários

  1. As de plástico não têm cheiro... as de verdade têm... o amor de verdade tem cheiro :)

    ResponderExcluir
  2. Perfeito, amigo! Há algo muito forte em mim, desde sempre de não gostar de nada que não seja de verdade.
    Fundamental ser de verdade...e poder se transformar...
    Um grande abraço
    Valéria

    ResponderExcluir
  3. Amar quem não se conhece e desejar o que não se pode ter, é como colocar numa jarra o mais belo arranjo de flores... de plástico!

    Abraço

    ResponderExcluir
  4. Cheiro. Amor tem cheiro. E nada é tão inefável quanto um perfume agradável.

    ResponderExcluir
  5. Adorei este teu post, Murillo!

    Levo comigo esse pensamento!
    Beijo

    ResponderExcluir
  6. Concordo. Também gostei aqui do comentário da Helga.

    Mas ser flor de verdade é dificil, ficamos sem defesas, podemos sofrer muito mesmo. Porque a qualquer altura um vento passa e lá vamos nós. É mais fácil sermos pedras, fechados, seguros, contudo não sentimos da mesma forma. Só que também hoje em dia surge o problema da confiança. Para sermos flores temos de confiar mesmo, entregarmo-nos, mostramos os nosso pontos mais fracos, e isso deixa-nos muito vulneráveis. Contudo será amar de verdade?! Amar de verdade é dificil mesmo. E digo amar, amar qualquer um, não só o companheiro.

    ResponderExcluir
  7. A flor de verdade por onde passa deixa seu perfume invadir a todos,pq e nisso que consiste o amor.Ela nao e eterna,mas vive como tal.

    ResponderExcluir
  8. Um verdadeiro amor não se deforma com o calor. Assim são as flores de verdade, elas não se deformam com o calor, pois ficam mais belas e fortalecidas com a intensidade da luz, já as flores de plástico, poluem um solo fértil ao visualizar a luz intensa, assim é um falso amor, polui o coração fértil e o faz sofrer.

    ResponderExcluir