Imagine o inimaginável

Essa técnica diz: suponha que você contempla alguma coisa além da percepção.

Isso é impossível, mas é por isso que vale a pena fazer, porque no próprio esforço algo irá acontecer a você. Não que você se tornará capaz de perceber – se você tentar perceber algo que não pode ser percebido, toda a percepção estará perdida. No próprio esforço, se você tentar ver alguma coisa que você nunca viu, tudo que você já viu irá desaparecer.

Se você persistir no esforço, muitas imagens chegarão até você – você terá que descartá-las, porque você sabe que já viu isso, isso pode ser percebido. Você pode não ter visto isso realmente como é, mas mesmo se você puder imaginá-lo, isso pode ser percebido. Livre-se disso. Continue descartando. Essa técnica diz para persistir com aquilo que não pode ser percebido.

Que irá acontecer? Se você prosseguir descartando, vai ser um esforço árduo, porque muitas imagens irão borbulhar. Sua mente providenciará muitas imagens, muitos sonhos, muitas idéias virão, muitos símbolos. Sua mente agora irá criar combinações, mas continue descartando a menos que alguma coisa aconteça que não possa ser percebido. O que é isso?

Se você continuar descartando, nada acontecerá a você como um objeto; só a tela da mente estará lá sem nenhuma imagem, sem nenhum símbolo, sem nenhum sonho nela, nenhum cena nela.

Nesse momento uma metamorfose acontece.

Quando a tela está simplesmente aí sem nenhuma imagem, você se torna cônscio de si mesmo. Você se torna cônscio do percebedor. Quando não houver nada para ser percebido, toda atenção muda. Toda a consciência reflete de volta. Quando você não tem nada para ver, pela primeira vez você fica consciente de seu próprio eu. Você começa a ver a si mesmo.

Osho, em "The Book of Secrets"
Imagem por DerrickT

3 comentários

  1. E assim...vou seguindo meu caminho...aprendendo cada vez mais!!!!

    ResponderExcluir
  2. É o que estou necessitando..."ver a mim mesma".
    Vejo e revejo para os outros e esqueço de ver a mim deve ser muito especial se ver assim.
    Eu quero....

    ResponderExcluir
  3. Aqui é um lugar onde gosto sempre de vir buscar ensinamentos,para que eu possa me tornar um ser humano melhor, me conhecendo antes de qualquer coisa.
    Este encontro do "meu eu",é o que busco encontrar.
    Obrigada....Um abraço
    Emília

    ResponderExcluir