Osho, um poeta

Quando eu me for, por favor lembre-se de mim como um poeta, e não como um filósofo.

A poesia precisa ser entendida de maneira diferente — você precisa amar a poesia, e não interpretá-la.

Você precisa repeti-la muitas vezes, de tal modo que ela se misture com o seu sangue, com os seus ossos, com a sua própria medula.

Você precisa recitar poesia muitas vezes, de tal modo que possa sentir todas as nuanças, as suas formas sutis.

Você precisa sentar-se simplesmente e deixar a poesia entrar em você, para que ela passe a ser uma força viva. Você a digere e depois se esquece dela; ela entra cada vez mais fundo e o transforma.

Deixe que eu seja lembrado como um poeta. É claro — não estou escrevendo poesias em palavras. Estou escrevendo num veículo mais vivo — em você. E é isso que toda a existência está fazendo.

Osho, em "A Harmonia Oculta: Discursos Sobre os Fragmentos de Heráclito"
Imagem por lepiaf.geo

15 comentários

  1. Ser Poeta

    As vezes poeta
    me considero uma pessoa discreta.
    Tudo tem a hora certa.
    O dia em que poeta eu for
    segura vou me expor
    e farei com muito amor.
    Nao quero um título
    e sim um conteúdo
    profundo e destinto.
    Minha arte é reflexiva,
    intuitiva, nem sempre positiva.
    Uma obra viva.
    Para se perder, se achar
    e mais do que tudo
    elevar o ser a pensar.
    Enfim, tudo tem a hora certa.
    Silêncio o grito da poeta.

    Sabrina Mata

    ResponderExcluir
  2. Muriiiiiilo!!!! Eu te amooooo (agora publicamente!!!!! Rsrsrs!!!!)!!!! Este é o Osho nota dez: o Osho poeta...! Há milagre senão na poesia? E o que é a poesia senão a vida? Há quem ainda não acredite em milagres? Se existe, deve ser porque não ama a poesia!!!
    PS: Conheces: http://dimensoesdoosho.blogger.com.br/ ?

    Bj, Tê! Desculpa pelos exageros, rsrsrs!!!

    ResponderExcluir
  3. Murilo, você poderia publicar a meditação queda livre, do livro uma farmácia para alma.?.
    Desde já fico grata.

    ResponderExcluir
  4. E tem poesia mais viva que a escrita pela existência?
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Poesia é vida que pulsa,não posso deixar vir aqui sentir cada palavra.

    OSHO FALA SOBRE A VIDA

    3.- A vida é um mistério; quanto mais a conheces, mais bela se torna. Chega um momento quando, de repente, começas a vivê-la, começas a fluir com ela.

    beijoss

    ResponderExcluir
  6. Maria, está em Queda Livre.
    Tê: não, não conhecia esse blog. Mais uma vez, outra excelente dica sua.
    A todos, desejo um domingo de muita, muita alegria.

    Murilo - editor do blog

    ResponderExcluir
  7. Lembrarei me das pessoas que amo cmom poetas, assim chegará perto do efeito tido em meu coração quando próximas. Adoro poesia.

    ResponderExcluir
  8. Osho é vida alegria amor e poesia

    Grato Murilo,pela visita tão especial e grato por seu blog

    Fábio

    ResponderExcluir
  9. Ser poeta é ser um tradutor do mundo sutil.
    Ás vezes ser um oráculo sem saber...dizendo ao outro o que ele precisava ouvir.
    É ser artesão das palavras...palavras nossas, do outro, do inconsciente coletivo.
    Passar por aqui é como sentir-se em casa...num abraço fraterno.
    Beijosss e um domingo maravilhoso!
    Ana Paula

    ResponderExcluir
  10. A ANOS ATRAZ EMPRESTEI O LIVRO RAIZES E ASAS DO OSHO NÃO ME FOI DEVOLVIDO E NUNCA MAIS CONSEGUI OUTRO, ALGUEM SABE ME DIZER SE OCORRERÁ REPUBLICAÇÃO? SE ALGUÉM O TIVER GOSTARIA DE OBTER PELO MENOS ALGUNS DOS ENSIMAMENTOS SUFIS EXPOSTOS LÁ ATRAVÉS DESTE SITE.

    ResponderExcluir
  11. Oi Lúcio,

    Não tenho o livro mas pretendo adquirir todos os livros de Osho para ir postando aqui no blog.

    Abs

    Murilo - editor do blog

    ResponderExcluir
  12. Amo OSHO!Amo o FAROLque ele significa para mim.
    Simplesmente MIAS GRAÇA!

    Graça Santos

    Veja...Divulgo OSHO em...

    http://orientandoquemorienta.blogspot.com/

    http://reikiestouaqui.blogspot.com/


    Graça e Paz!

    ResponderExcluir
  13. Seu impostor de uma figa.
    Fique só indignação quando li aquela porcaria de livro que você chama de "Como silenciar a mente"
    Você diz que o budismo nasceu no Oriente e veio da riqueza. Ótimo, não? O Cristianismo, por outro lado, nasceu da pobreza. Certo.
    Hoje, infelizmente o Oriente vive na pobreza. Uma pena, realmente. E o Ocidente prospera.
    Hoje os ricos ocidentais convertem-se a religiões asiáticas, como hinduísmo e budismo, por que perderam sua espiritualidade. E os pobres indianos ao cristianismo.
    Diga-me ó grande sábio, o Oriente não tornou-se pobre por que seguiu os preceitos budistas?! E por acaso os 'prósperos' ocidentais não tornaram-se ídiotas a ponto de esquecer a religião após enriquecer, sempre em busca de novidades? Se o Ocidente imitar o Oriente se tornará aquilo que o Oriente é hoje. E vice-versa. Você é preguiçoso e fraudulento.
    Não me importa essa sua filosofia barata.

    ResponderExcluir